LinkWithin

Instagram

Conversa entre amigos: O drama que cura

- Não fala comigo agora, to nervoso porque acabei de inventar uns problemas aqui na minha cabeça!
Essa frase representou 80% dos meus dias ano passado e em busca de ajuda pra enfrentar esses momentos de bad acabei achando esse vídeo da Jout Jout que com certeza vocês já conhecem. Eu achei super interessante as dicas dela e resolvi indicar para que vocês também assistam e entendam que viver a bad é essencial para voltarmos ao normal e vermos que a vida é curta demais para gastarmos nossos dias com lágrimas. 
Toda vez que estou mal, vivo 100% esse momento. Se for necessário chorar eu choro, se for preciso ficar na minha eu fico e assim por diante. Aconselho que façam o mesmo e vejam que a cura se torna cada vez mais rápida.

12 fotografias tiradas por mim

Para o post não ficar enorme eu resolvi fazer dois Gifs, cada um com 6 fotos. #12Meses12Coisas
Gostaram das fotos? Vocês também gostam de fotografar? Me contem!

Playlist: minhas músicas cristãs preferidas do momento!

Vocês também escutam musicas cristãs? Quais? Conheciam alguma dessas dai?

Assisti e amei: Humans

O mais novo lançamento da indústria são os Synths que foram produzidos com o intuito de ajudar as pessoas com as atividades domésticas e etc. A história começa quando Joe resolve comprar um sintético (Anita) para auxilar na organização da casa e cuidado com os três filhos devido a ausência de sua esposa (Laura) que por sua vez não concorda nadinha com tal atitude e começa a implicar com a Anita devido a alguns comportamentos que a Synth tem tido. Paralelamente a isso, nos deparamos com a história de sintéticos que se tornam capazes de ter sentimentos e acabam sendo perseguidos por cientistas que querem descobrir como isso seria possível.
O mais legal dessa série é que em um determinado momento as duas historias de cruzam e viram uma só. Como vários filmes/series de ficção cientifica, eles batem na mesma tecla - os robôs estão cada vez mais parecidos com o ser humano - será que toda essa tecnologia é benéfica para nós? A série traz a velha questão da tênue linha entre nós humanos e as máquinas e mostram que toda essa tecnologia pode ser um perigo já que ao ganharem sentimentos os robôs decidem viver as suas próprias vidas e se negam a serem meros servos dos humanos.
Humans conta com 1 temporada de 8 episódios que em um ou no máximo dois dias você consegue assistir. A narrativa não é cansativa, muito pelo contrário, falando por mim ela prendeu a minha atenção e a cada episódio me deixou com uma vontadezinha de querer saber o que iria acontecer em seguida. Os personagens não são enjoativos, cada um deles me deixou uma marca única. E para a minha alegria a série foi renovada e contamos ai com uma 2 temporada 
Vocês já assistiram? Querem assistir? Contem-me tudo nos comentários.

Conversa entre amigos: Sobre aceitação

(Estou recomeçando com o blog e para marcar esse momento eu resolvi voltar a atualizar o quadro Conversa entre amigos e espero que vocês gostem!) Quantas vezes você já se olhou no espelho e não gostou do que viu? Ou foi dormir aos prantos porque alguém te criticou? Eu sofri com isso inúmeras vezes e por tal motivo decidi escrever esse post para desabafar um pouco e falar sobre o que eu fiz para mudar a situação.

Eu demorei muito tempo para me aceitar do jeitinho que sou. Pode até parecer mentira, mas eu não gostava da cor dos meus olhos, nem do meu cabelo, me achava magra e branquinha demais. Desde a minha infância ouvi muitos comentários negativos sobre a minha aparência (seu nariz é muito grande, seu cabelo é muito afuazado, suas pernas são fininhas demais, etc) e de alguma forma isso me afetou bastante. 

Sempre fui do tipo de pessoa que pouco se importa com o que dizem dela, mas um dia eu fiquei chocada quando de fato me vi querendo ser aquilo que as outras pessoas queriam que eu fosse. Foi ai que eu decidi que não, eu não iria mudar minha forma de ser porque algumas pessoas não gostavam do que viam em mim.

O melhor de tudo é que as mudanças começaram de dentro pra fora. Parece clichê? Mas é assim que as coisas acontecem. Quando você se permite ser quem de fato é, quando não existe a cobrança de ser perfeito, quando ter defeitos te torna uma pessoa perfeita. Confuso? Reflita um pouco e verás que faz total sentido. Eu SOU PERFEITA sendo do jeito que sou! Você é PERFEITO (A) do jeito que Deus te fez!

Entendi que alisar meu cabelo não me fazia bem porque afinal de contas eu fazia isso para que as pessoas não me criticassem, hoje me sinto muito feliz com meus ondulados, obrigada! Não me importa se meu nariz é grande, se tenho um sinal perto da boca (que todos acham que é sujeira), se tenho as pernas finas ou se sou branquinha (quase pálida), pois isso não é problema porque eu sou linda sendo assim.

Experimente ser quem você é de verdade, experimente perder a vergonha daquilo que te faz feliz, experimente aceitar aquilo que você teima em não aceitar em si mesmo e perceba se foi possível estar em harmonia consigo e com o universo. Reflita qual é a possibilidade de alguém te aceitar se você não se aceita? Mais amor próprio gente!

Ainda vou falar muito sobre esse tema aqui no blog, aguardem!
Algum de vocês já passou por isso? Como fizeram para se auto-aceitarem?
© BLOG CORAÇÃO DE LEITORA. Todos os direitos reservados.
Editado por: VICTÓRIA DANTAS.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo